O Pai o receberá de volta de braços abertos

“…Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores. E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou, e, compadecido dele, correndo, o abraçou, e beijou.”
Lucas 15:18b-20

Esta é a famosa história do filho pródigo.

Um pai tinha dois filhos e, em determinado momento, um dos filhos decide ir “curtir a vida”.  O que ele faz? Pede ao seu pai a sua parte na herança, sai de casa e vai viver da maneira que considera a melhor.

Quando ele vai embora, não age de forma sábia, pelo contrário. Gasta tudo que recebe do seu pai e, depois, se vê perdido: sem dinheiro, sem bens, sem casa. Neste ponto, ele decide voltar arrependido.

Como ele não sabe como será a reação do seu pai, quando eles se reencontram, o filho se oferece para servir ao pai como um de seus empregados, mas é surpreendido com uma calorosa recepção, com direito a uma festa!

Muitos filhos também tinham uma família espiritual e se desprenderam dos braços do seu Pai celestial, achando que podiam ser felizes do seu próprio jeito. Mas a verdade é que nunca foram. Estando longe, perceberam que o seu afastamento só trouxe dor e decepção.

Quem sabe esta pode ser a sua história?

Sempre é tempo de voltar e recuperar o relacionamento com esse Deus, que te ama incondicionalmente. Não perca mais tempo, volte para o seu Pai agora, se você se afastou e se sente frio. Não importa o que você fez enquanto estava longe, o Pai sempre se alegrará com a sua volta e o receberá de braços abertos.

Creia: não existe outro lugar de plenitude senão próximo daquele que mais te ama neste mundo: o seu Pai de amor. Decida hoje!

E, se você está próximo de Jesus, mas conhece alguém que não está, não desista dessa pessoa, mas continue orando por este reencontro! Ele acontecerá!

Oração: Pai, eu me afastei de ti e esfriei na fé, mas quero voltar a ter um relacionamento contigo, assumindo de novo a minha condição de filho. Obrigado por sempre me receber de braços abertos, sem me cobrar e sem me acusar por causa dos meus erros. Obrigado pelo teu inexplicável amor. Em nome de Jesus, amém.

Helio & Deise Peixoto

Ebook Rotina Devocional

Compartilhe esse devocional e abençoe alguém!

Procurando um alimento espiritual?

Cadastre-se e receba um devocional diariamente no seu e-mail

Confira os devocionais mais recentes